Páscoa Sacrifício

Começamos hoje, no dia anterior ao Domingo de Ramos, quando a Semana Santa começa oficialmente, porque não podemos perder onde a história da Páscoa realmente inicia. As multidões, o burrinho, e as folhas de palmeira também deixam com frequência passar a história de Maria e seu sacrifício. Então começamos no Sábado e assim estamos prontos para o Domingo de Ramos.

Hoje começamos em um lugar bem mais humilde do que as multidões aplaudindo. Começamos em um lugar onde nos sentimos confortáveis em torno de uma mesa de jantar com amigos.

Leia João 12:1-8

Você lembra destes amigos de Jesus? Se não, um pequeno resumo: as irmãs de Lázaro não estavam muito felizes porque Jesus demorou para vir em seu socorro após receber aviso de que Lázaro estava doente, resultando na sua morte. Nós vimos Jesus aflito (João 11:35 diz que “Jesus chorou.”) então fez um milagre—Ele ressuscitou Lázaro!

Estes amigos estavam familiarizados com a morte, mas também com a ressurreição. As irmãs de Lázaro tinham acabado de ver seu irmão sair daquele túmulo vivo (João 11:44). Viram o impossível tornar-se possível.

Neste jantar vemos Maria fazer algo incomum. No versículo 3 lemos, “Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos.”

Este “perfume caro” não era como seus vidros de perfume ou colonia. Cada comentário ou estudo da Bíblia que tenho lido diz que valia um ano inteiro de salários.

Pense em quanto um ano inteiro de salário vale para você. Agora, pense em como seria preencher um cheque neste momento para Jesus com aquela quantia total.

Eu nem posso imaginar. Eu luto para dar a Deus meu dízimo de 10% ou 30 minutos de tempo de manhã com Ele ou o louvor de domingo com minha família da igreja. Então, oferecer a renda de um ano inteiro. Não. Não consigo fazer isso.

Entretanto, é aqui onde a história da Páscoa começa—com uma mulher, amiga de Jesus, que deu algo de valor (o nardo puro), e humilhou-se lavando os pés Dele com seus cabelos. Maria conseguiu—Cristo merece nosso tudo, nosso melhor.

Por que com frequência damos a Ele nossas sobras?

Termine o dia hoje de joelhos, se puder.
Abra suas mão para Jesus e confesse em que você tem se agarrado.
Peça por fé para ser mais generoso e vulnerável.
Implore por coragem para dar além do que você sabe ser possível.

Fonte: //www.beckykiser.com/

Compartilhe essa mensagem edificante... Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Seja o primeiro a comentar on "Páscoa Sacrifício"

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.




Blue Captcha Image
Atualizar

*